Tuesday, June 20, 2017

DE REPENTE 51

De repente 51..
Não, não foi de repente.
Foram todos, um a um construídos com a determinação que quem sempre soube o que veio fazer nesse mundo.
Cada ano vivido com a intensidade que se merecia, com a dedicação necessária para que nada passasse em branco.
Foram, sim, todos cheios de envolvimento, de coração aberto, de vida vivida com o pensamento voltado para o todo.
51 anos de crescimento, um a um, aprendendo que a responsabilidade é toda minha pelas minhas escolhas e as naturais consequências.
Plantios e colheitas sempre representaram meu mundo construído.
Aprendi que posso escolher ser feliz, todas as manhãs.
Aprendi que o amor é único e particular.
Aprendi que uma vida sozinha, significa ausência de amor, de afeto, de carinho e de abraços.
Descobri, em todos os meus momentos, que os sonhos não devem ser guardados em prateleiras, que não devemos desistir deles, nunca !
Descobri o poder que a fé tem em mim e o quanto posso ajudar os demais, focado na minha energia.
Vida vivida na luz, na orientação, na preocupação com o próximo.
Vida vivida com planos, projetos e sorrisos.
Vida vivida cheia de amigos que comigo viveram e se foram e que comigo vivem e permanecem.
E nessa vida aprendi também a doar aquilo que não me faz bem, purificando assim meu ser.
E para essa vida eu vim para conviver em uma linda família com 12 irmãos, pai e mãe diletíssimos e uma penca de sobrinhos e sobrinhos netos que me enchem de orgulho.
Minha saudade nunca foi baseada nos que foram, mas naqueles que me fizeram bem e que eternizaram momentos que me fazem derramar lágrimas de alegria só em lembrá-los. Porque aprendi que saudade é coisa boa e não tristeza, pois a energia sempre fica.
Então, de repente me vejo iniciando esse novo ciclo como se estivesse dentro de um carro, focando no para brisas e não no retrovisor. pois o que vem pela frente é muito mais importante do que passou.
Amigos são o meu recheio, minha montagem e meu pedaço espalhado em cada coração que me quer bem.

Monday, May 29, 2017

KARMA AÍ.

Pessoas vivem em condições que podemos classificá-las como situações, destino, karma, ou a forma que queiramos tratá-las.

Mas, o mais importante é que saibamos olhar tudo isso com olhos mais limpos, desprovidos de preconceitos ou com máscaras montadas pela nossa forma de encarar as coisas.

O Preconceito quando tão arraigado, torna-se mais do que um pré conceito daquela situação e passa a tornar-se o principal conceito que as pessoas tem disso ou daquilo.

Nem todo mendigo vai te pedir algo.
A cor da pela não classifica a forma de agir.
A promiscuidade não é exclusividade de nenhuma opção sexual.

Livrar-se dos preconceitos não é tolerar uma situação ou, sequer, aceitá-la.
É preciso muito mais do que o exercício em tentar entender as situações, também.
É preciso respeitar as coisas, pessoas, situações como elas realmente são vividas.

Cabeça cheia de pensamentos próprios não gera espaço para entrar coisas novas, não tem janela aberta para a luz.

A crença, em qualquer que seja a escolha, é uma direção, um comando, uma estrada de luta. Pratique-a.

E por fim: Não traga à tona aquilo que não satisfaz a sua mais íntima crença.

Friday, May 26, 2017

OS 3 PODERES

São Três:

Uma subiu meteoricamente a qualquer custo.
Outra desistiu de tudo e afundou-se em situações depressivas.
E há aquela que ficou ao meu lado. 

A que subiu, não se importou em derrubar quem estava nos degraus em busca do topo, ao seu tempo.
Aquela que desistiu, simplesmente acovardou-se diante das inúmeras oportunidades que a vida lhe concedeu.
A que ficou ao meu lado, segurou na minha mão.

Chegando ao topo, ela deu um "pontapé" na escada para que ninguém mais subisse.
A outra que estava afundada,, sem forças, cada vez mais se esquecia que a alegria em viver tem imenso poder na sua recuperação.
A que ficou ao meu lado, iniciou seu processo de evolução.

Sem escada, ela ficou no alto e, por subir tão rápido, tudo era novidade, ela estava sozinha não conseguiu se sustentar.
Lá embaixo a outra desistiu definitivamente.
Ao meu lado, juntos, nos fortalecemos, cheios de planos.

A sua vaidade tirou a escada e ela caiu.
Sem querer se recuperar a outra sucumbiu.
Galgando cada passo ao seu tempo e tendo na sua mira o desenvolvimento completo e a quatro mãos segurou a que caia e levantou a morimbunda.

E, sem querer finais de contos de fadas, descobriram que cada princesa cumpre um papel a ser ensinado.







Wednesday, May 17, 2017

A CONCESSÃO DA VIDA

Pode ser que algo ultrapasse nosso entendimento imediato.
Pode ser que algumas questões não façam parte do nosso convívio íntimo.
Pode ser que algumas palavras não sejam usadas com frequência e que sequer acreditemos nas suas definições.
Mas, definitivamente, o poder da vida nunca passa despercebido. 
A natureza latente sempre nos esbarra, mostrando-se presente.

Pode ser que entre o nascimento e o momento da nossa ida hajam desencontros por simples escolhas nossas.
Mas a vida gerada e a ida ( que em nosso entendimento não é programada) fazem parte da natureza Divina. A tal Natural Sutileza que é a concessão da vida pelo Poder Maior.

E, sem delongas: Fé é para os fortes. Aqueles seres dedicados a acreditar que os choros não são diferentes, apenas são início e reinicio de uma viagem sem fim.

Wednesday, May 10, 2017

A INIGUALÁVEL FORÇA DE RÉGIA.

Há uma maneira de ser em cada um.
Um sopro divino particular.
Uma vontade individual de viver.

Aprendi tantas coisas com você, inúmeros gestos me surpreenderam e o mais belo é sua forma de querer bem e de estar bem.
Sem tormentos, sem desesperos, com pés fincados nos seus objetivos. Isso me encanta.
És um ser de profundo poder interior que consegue transmitir a quem está ao seu lado.

Sabe um amor que não se explica|? 
Sabe uma vontade de estar junto?
E assim o meu pensamento sempre se acomoda quando me vem à mente a possibilidade de perceber que te tenho aqui dentro de mim.

Tens um ser iluminado e rodeado de justiça e garra.
Tens na sua grandeza a lança e não as muletas, porque seu lema é batalha e não desculpas.

E esse é o meu jeito de te ver, de te sentir, longe ou perto, mas sempre presente.

Sabe, você já me mostrou tanto carinho por debaixo das suas defesas, já se desnudou sem perceber e sem sequer imaginar que eu te percebo na alma.

Especial é lembrar dos nossos encontros e poder ouvir a sua voz cheia de charme a me dizer coisas que nem imaginava aceitar ouvir.
E hoje guardo isso tudo com sentimento de gratidão tão grande que consigo deixar escorrer pelo meu ser  e assim também poder iluminar mais e mais pessoas.

E à minha maneira te amo sem limites e sempre com a vontade de sentar e me deixar ser vasculhado por você, entremeando todas as nossas bobagens sem limites de felicidade.

E que assim estejamos sempre laçados e lançados pelo desejo de nos querer bem.

Ogunhê minha irmã de fé.
Salve sua majestosa força e presença grudada nos meus sentimentos.
E que a potente dormência que me causa seja sempre um indício do seu imenso poder em me encantar.

Thursday, April 27, 2017

O ALIMENTO DA ALMA

Eis que a vida nos presenteia com surpresas e ensinamentos.

Das coisas mais simples é que se retira o verdadeiro entendimento das coisas. Aquilo que realmente importa.

Gestos rotineiros que nos passam despercebidos e que vão se acumulando em algum lugar, formando uma massa de bondade que não são aproveitadas pelo simples fato dos olhos estarem atentos a outros padrões definidos.

O presente oferecido, por mais simples que seja, vem cheio de boa intenção, vem com a gratidão de quem oferece, vem embrulhado junto com um sorriso ou uma lágrima de alívio.

O que é oferecido em agradecimento a um ato recebido vem cheio de energia boa, vem embalando um amor que não se explica.
E essa energia é muito maior do que o simples significado do objeto material.

Use, carregue, perfume o ambiente, orgulhe-se em ostentar o gesto que te agradece.

Não permita que essa massa de bondade fique escondida.
Valorize, pois foi merecedor, és o benfeitor, acolhedor de almas, acalentador de corações.

E o que se ganha com isso?
Um mundo melhor, um peito cheio de ar renovado, o fim da busca e o encontro com tudo o que é mais importante: A vida agradecida, a gratidão espalhada e  o universo vibrando mais intensamente.

Saturday, April 22, 2017

LIBERDADE, LIBERDADE.

Por tanto querer a liberdade, resolveu voar a ermo.

Sentiu prazer em ser soberano com suas próprias asas.

Mas o voo intercalado com pequenos pousos fortuitos cansou a sua ânsia.
Cansou e tentou refazer as suas escolhas.

Mas suas asas manchadas não permitiram sua acolhida ao grupo.

Por fim percebeu que nunca bateu suas asas mas somente as chacoalhou na intenção de mostra-las como um troféu e não como um instrumento de liberdade.

DE REPENTE 51

De repente 51.. Não, não foi de repente. Foram todos, um a um construídos com a determinação que quem sempre soube o que veio fazer nesse...