Monday, May 22, 2006

AMO VOCÊ

Recebi um texto de Neruda, enviado pela exuberante Mayra, que fala do amor ( assim como tudo que Neruda se propõe a fazer é com amor intenso).

Naquele exato momento, inspirei-me a responder, oferecendo a resposta à ela, ei-la:

Eu te amo de todas as formas possíveis ,
Com os meus e os seus defeitos,
Ccom nossas inseguranças e seguranças,
Com nossas diferenças e semelhanças
Meu amor é igual ao seu, justo e descontraído,
Verdadeiro e puro.
Nosso amor é algo que se guarda, se expõe..
.É uma coisa da qual me orgulho, sem esperar nada em troca
O seu amor é explícito, o meu tbém é escrachado..
Nosso amor é singelo, manso mas sempre corrente
.O seu jeito de amar é único, o meu também..
De qualquer forma, nossos gestos são fáceis de identificar, pois são nada mais do que formas de amar.

1 comment:

mayra em pensamentos insanos said...

Que lindo!!Nossa,ler essa mensagem de novo é sentir uma leveza de espírito e cumplicidade sem limites!É assim que somos, é assim que nos amamos

LEMBRANÇA

Basta uma lembrança, esse estímulo da alma. Basta um único olhar cuidador para que tudo venha à tona. E aí percebe-se que não basta existi...