Saturday, January 22, 2011

BELENA

Beleza de Helena !!!!

Eu agradeço a Deus, todos os dias pela minha vida, pela minha magnífica família, pelos meus fiéis e queridos amigos mas eu tenho que acrescentar algo mais: agradecer à Nelme por ter iluminado minha vida com sua presença.

Talvez eu nem conseguisse terminar texto algum se eu seguisse um roteiro e tentasse descrever tudo o que vivemos e tentar exprimir a intensidade das emoções ( e quanto foi tudo isso !).

Da conquista, gata, até a criação da nossa cumplicidade passaram-se momentos inesquecíveis e eu continuando a te admirar, a ter respeitar e a  reverenciar sua beleza completa.

Poderia, talvez, exprimir musicalmente nossa convivência, porque ela foi norteada pelos sons, sotaques e arranjos....
A música que você me ensinou toca até hoje nas minhas estações e a cada dia a letra fica mais perceptível.
Saiba que eu te percebo sempre, que eu sinto aquilo que você sente calada e assim eu respeito seu tom.
Saiba, pequena, que eu me harmonizo quando estou junto com você,
Saiba, que a melodia da minha vida é mais doce só de lembrar de você.
Saiba, Du northeast, que uma porção de coisas que compõe a minha vida  tem o seu selo.
Saiba, Bê, que eu sintonizo com nosso Pai, todos os dias, meu carinho por você.
Saiba, Belena, que de todas as estrelas do céu eu nunca vou esquecer das nossas 7 !

Entre idas e vindas, resistências, recomeços, o que resta é o amor mais puro e intenso que eu possa divulgar.
Entre todas as coisas que vivemos o amor é soberano, é digno e é grande !
Lov u !

DIO

Eu procuro sempre dedicar meus momentos, sejam eles de qualquer natureza, à infindável alegria de estar com os amigos mais queridos.
Amizade sem fim,
compreensão sem fim,
alegria de estar junto, infindável...
Eu aprecio tudo  e assim criamos uma maneria de nos respeitar, apenas respeitando; sejam limites, posições, desesperos, exuberâncias e afãs.
Na verdade não imponho limites para minhas amizades, não imponho barreiras para meus queridos.
Eu queria poder apenas expressar mais, exprimir mais aquilo que sinto só.
Eu queria , através dessa expressão, ( que insiste em ficar interiorizada) poder perceber que sou perceido nas minhas emoções.
Não precisamos de nada muito " cristalizado" nossa amizade é um rascunho eternmo...
apagamos algumas coisas ( erros)
acrescentamos outras ( conhecimento)
refazemos mais algumas ( complemento)
E é assim que eu sei viver com você,  na mais intensa expressão de liberdade para fazer, dizer, sentir e respeitar...
Seus momentos bons me  enchem de alegria porque vibro por e com você,
Seus momentos ñem tão bons me afligem, me matam um pouco porque essa maldita distância ( que o autor insiste em dizer que " não existe" ) me ceifa a liberdade de ir correndo ao seu encontro e te acalantar.
Meu primeiro amigo na terra Amazônica, meu fiel escudeiro, meu eterno companheiro de tantas histórias.... você traduz a energia da vitória, amigo, você me ensina quando menos espera o estar fazendo, você, na verdade, sem querer reparte comigo um mundo que nós criamos.
Eu queria poder aprender a respeitar a palavra e os quilômetros que a distância  nos impõe, mas isso eu não aprendi porque para nós não basta pouca coisa nós precisamos da intensidade.
Eu tenho muitas lembranças, eu guardo muitos momentos mas o que mais me dá força é que nossa história é um eterno rascunho onde,
arrrumamos,
apagamos,
reescrevemos,
acrescentamos...

E assim será e que assim seja meu pequeno de sentimentos sem fim !

A CONCESSÃO DA VIDA

Pode ser que algo ultrapasse nosso entendimento imediato. Pode ser que algumas questões não façam parte do nosso convívio íntimo. Pode ser...