Monday, May 23, 2011

ADRI, SIMPLESMENTE...

Eu poderia:
Juntar todas músicas que já cantamos juntos,,
contar os passos mal dados de todos os nossos pileques,
rir, novamente, de todas as nossas bobagens,
lembrar de tantos ombros e braços estendidos para me consolar.



Sentir o silêncio de todas as vezes que foi necessário,
telefonar todas as vezes, novamente, só pra te dizer que sinto sua falta, sempre!

Relembrar de tantos encontros que pareciam ser casuais, mas que viraram imensa festa.

Arrepender-me de não estar perto de você nos momentos que mais precisou.

Ir a todos os lugares que já fomos juntos, viver isso tudo novamente como um turbilhão de lembranças.

Mas, eu prefiro te dedicar essa grande parte da minha vida da qual você se fez presente como um imenso presente.

Eu prefiro deixar tudo acontecer porque eu não quero nada  mais igual, quero tudo de novo,  diferente e tão intenso como seus abraços e seu olhar carinhoso, quando eu menos percebo.

Quero a emoção de volta, essa sim,  quero desse seu jeitinho manso de falar de mim, de me valorizar, muitas vezes sem eu merecer.

Quero a pureza dessa amizade, quero a beleza dos nossos encontros, quero a simplicidade desse afeto.

Quero, um dia, poder te agradecer por isso tudo, mesmo que eu não mais tenha direito de "querer" mas posso ter o direito de agradecer.

Minha querida e doce amiga, tão parecida comigo, tão diferente de mim...

Amiga que me trouxe outros tantos para alegrar minha vida, que me traz alegria sorridente, de olhos vibrantes.

Quero poder lembrar e viver para sempre o momentos mais emocionante da minha vida e viver com você na 'Solidão de Amigos".
Amo-te

Thursday, May 05, 2011

É THALITA, EU TE PERCEBO.

Dona dos ventos, da força que nem sabe o tamanho.
Senhora das turbulências, da energia que nem controla.
No jeito manso e quase sereno de ser, incrivelmente traduz a fortaleza erguida por tantas emoções...
Faz tempo que eu te percebo,
Faz tempo que eu te persigo,
Faz tempo que eu deixei de tentar entender e somente amar .

Sem explicar nem justificar sua existência, eu te percebo livre como um pássaro que voa alto, que se renova, que se remonta.
Eu te percebo decidindo transformar sua vida e desenvolver um tipo especial de atitude.
Eu sempre te percebi e me reconheci no seu choro e nas suas fraquezas,
Mas eu sempre te percebi e me achei no seu singular jeito de acariciar.

Eu te percebi se perdendo, se achando, se desencontrando, se atribuindo.
Eu te percebi distante um tempo, mas por sempre te perceber, respeitei.
Eu te percebi voltando e, deixando de te perceber, eu te recebi.

E hoje percebo essa mulher que mantém a doçura daquela criança gerada por uma das mais incríveis criaturas do universo que, essa sim, nos percebe, e faz muito tempo !

MINHA ESSÊNCIA

Sou pessoa de dentro pra fora. Minha beleza está na minha essência e no meu caráter. Acredito em sonhos, não em utopia. Mas quando sonho, sonho alto. Estou aqui é pra viver, cair, aprender, levantar e seguir em frente.

Sou isso hoje...

Amanhã, já me reinventei.

Reinvento-me sempre que a vida pede um pouco mais de mim.

Sou complexo, sou mistura, sou homemr com cara de menino... E vice-versa. Me perco, me procuro e me acho. E quando necessário, enlouqueço e deixo rolar...

Não me dôo pela metade, não sou teu meio amigo nem teu quase amor. Ou sou tudo ou sou nada. Não suporto meio termos. Sou bobo, mas não sou burro. Ingênuo, mas não santo. Sou pessoa de riso fácil...e choro também!

AMORES ETERNOS

Eu acredito em amores eternos, daqueles que acompanham a gente pela vida inteira, como se tempo e amor se fundissem num só elemento, tornando-se imutáveis, indestrutíveis.

Eu acredito em amores eternos, daqueles que vão com você para qualquer lugar, não importando o quão distante você esteja, por que a pessoa amada reside em seu próprio coração.

Acredito em amores eternos e sublimes, capazes de reconsiderar tudo, com suavidade, ternura e perdão.Acredito, sim, em amores para toda a vida, e além da vida, pois seria um tipo de amor unido à própria alma, e sem alma a vida não tem razão...

Amores eternos existem sim, e superam qualquer coisa, mesmo quando ninguém mais acredita neles, eles continuam sempre à espreita, esperando apenas um olhar, um retorno, uma reconciliação.

PELA ELEGÂNCIA , OBRIGADO !

Existe uma coisa difícil de ser ensinada e que, talvez por isso, esteja cada vez mais rara: a elegância do comportamento.

É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres e que abrange bem mais do que dizer um simples obrigado.

É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a hora de dormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando não há festa alguma nem fotógrafos por perto.

É uma elegância desobrigada.

É possível detecta-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam, nas que escutam mais do que falam. E quando falam, passam longe da fofoca, das pequenas maldades ampliadas no boca a boca.

É possível detecta-la nas pessoas que não usam um tom superior de voz ao se dirigir a frentistas, nas pessoas que evitam assuntos constrangedores porque não sentem prazer em humilhar os outros.

É possível detecta-la em pessoas pontuais.
Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece, é quem presenteia fora das datas festivas, e, ao receber uma ligação, não recomenda à secretária que pergunte antes quem está falando e só depois manda dizer se está ou não está.
Oferecer flores é sempre elegante.

É elegante você fazer algo por alguém e este alguém jamais saber disso...

É elegante não mudar seu estilo apenas para se adaptar ao outro.

É muito elegante não falar de dinheiro em bate-papos informais.

É elegante o silêncio, diante de uma rejeição.

Sobrenome, jóias e nariz empinado não substituem a elegância do gesto.

Não há livro que ensine alguém a ter uma visão generosa do mundo.

É elegante a gentileza...
Atitudes gentis, falam mais que mil imagens
Abrir a porta para alguém... é muito elegante
Dar o lugar para alguém sentar... é muito elegante.
Sorrir sempre é muito elegante e faz um bem danado para a alma...
Olhar nos olhos ao conversar é essencialmente elegante.
Pode-se tentar capturar esta delicadeza pela observação,
Mas tentar imita-la é improdutiva.
A saída é desenvolver a arte de conviver, que independe de status social: é só pedir licencinha para o nosso lado brucutu, que acha que “com amigo não tem que ter estas frescuras”.

Educação enferruja por falta de uso.



E, detalhe: não é frescura.

O SEU JEITO, BEATRIZ

O que faz a gente se apaixonar por alguém?
Tem que ter algo mais. O que é este algo mais?
É o jeito!
A gente se apaixona pelo seu jeito Tata. 
Não é porque sabe citar coisas lindas como se você mesma os tivesse escrito pra nós; é o seu jeito de piscar demorado seus lindos olhos , como se estivesse em câmera lenta.

O seu jeito de caminhar. O jeito de usar a camisa pra fora das calças. O jeito de passar a mão no cabelo. O jeito de suspirar no final das frases. O jeito de beijar. O jeito de sorrir.
Vá tentar explicar isso.

O que nos apaixona é esse seu jeito de olhar como se estivesse despindo a alma da gente como se nos conhecesse mesmo antes de nascermos.
Nada é mais apaixonante do que ver essa menina-mulher que insiste em habitar em você, provocando, instigando, questionando até a exaustão.
 Esse jeito é o jeito de ser, relaxando o ser, deixando-se ser.

Só te peço uma coisa, como presente nesse dia lindo para todos nós: Nunca abandone esse seu jeito intenso e arrebatador que só você sabe, de amar, do seu jeito.

FELIZ ANIVRESÁRIO, desse meu jeito de ser.

GENTILEZA GERA GENTILEZA

A gentileza e suas causas: ela domina os atos, limitas as palavras, conserva os princípios da vida, e torna qualquer pessoa muito mais que educada, ou seja, a gentileza pode revolucionar o mundo, mudar a história se tonar o ser humano encantador.
Se o sorriso é a porta de entrada da alma, a gentileza é a porta de entrada para as lembranças.
Gentileza é gerada pela dignidade tranquila, pela autoconfiança.
Gentileza é coisa simples, mas feita com o coração puro
no olhar carinhoso,
no “bom dia”,
no elogio às mulheres,
no companheirismo,
na lealdade.
Gentileza está na sinceridade de ser alegre e assim esparramar à sua volta essa energia.
Gentileza está na capacidade de perdoar colocando-se no lugar daquele que magoou, encarando-o com o direito de errar assim como qualquer criatura.
A gentileza gera gentileza

E não esqueça: A gentileza abre portas para novas oportunidades

A ESSÊNCIA DA ALMA

Ela disse: -É tão mais fácil ser mau do que ser bom. A gente sofre menos. Parei e refleti, mesmo já querendo dar a minha opinião formad...