Tuesday, June 14, 2011

CONVENÇÃO X PRAZER

Quero fazer uma citação para, tentar, expor um pensamento que acho fantástico, dito por um dos meus ídolos: meu pai.

" O que não dá prazer, não dá proveito"
(Shakespeare)

O início de tudo foi uma frase célebre dessas que a gente "papeia" com amigos em volta de uma mesa tipo: qual vinho combina com tal comida?

A frase: BEBER E COMER NÃO DEVE SER UMA CONVENÇÃO E SIM UM PRAZER.

O que é melhor para o seu paladar? o que te agrada mais? O sabor te dá prazer?
Então faça aquilo que te dá prazer e não o que foi convencionado por alguém, em qualquer tempo.
O paladar é seu, único
A paixão que você sente por alguém ou algo é sua, única.

Ninguém pode estar no seu lugar nessas situações pois você é quem come, é você que se apaixona por alguém.
Quando trazemos para nós a " responsabilidade" de sentir o prazer que estamos dispostos, libertamo-nos de todas as convenções, amarras, pré-conceitos e modismos.

Que maravilha a pessoa autêntica, livre e, definitivamente, feliz comendo a comida que quiser, acompanhada do vinho que quiser porque isso, simplesmente lhe dá prazer.
Como é fantástico poder jogar-se à uma paixão por, simplesmente, acreditar nela e não captar ao seu redor opiniões convencionadas.
Então, não somos senhores do nosso amanhã, não adiemos o momento de gozar o prazer possível.
Por favor não consuma sua vida a esperar, e morrer empenhado nessa espera do prazer.

No comments:

LEMBRANÇA

Basta uma lembrança, esse estímulo da alma. Basta um único olhar cuidador para que tudo venha à tona. E aí percebe-se que não basta existi...