Wednesday, July 27, 2011

ESCOLHA O SEU CAMINHO


“Quando você nasce, recebe duas cestas, uma com pétalas de rosas e outra com espinhos. Conforme você vai conduzindo a sua vida, vai jogando ou um ou outro, mas não se esqueça, você vai ter que voltar pelo caminho que fez.”

Fico imaginando  em quais momentos eu espalho rosas e em quais eu lanço espinhos.
Imagino que o ato de espalhar pétalas de rosas seja como viver para si e para os outros. Tratar as pessoas como se quer ser tratado.
Acredito que pétalas de rosas são lançadas, automaticamente, quando fazemos o bem, quando praticamos os ensinamentos do bem.
Acho, também, que algumas dessas pétalas são retiradas de flores que colhemos no longo caminho da nossa vida. Algumas encontramos já plantadas, outras são frutos de nossa semeadura.
E os espinhos?
Esses podem estar em qualquer lugar e em qualquer situação podem ser lançados. Não só na fúria mas , também, nas atitudes obscuras, disfarçadas, onde se acha que ninguém está olhando...  aí sim eles são arremessados e atingem não só o solo mas seres e sentimentos.
Espinhos são parte das rosas, fazem parte da sua  beleza . Podemos usá-los para defesa ou para ataque, resta-nos escolher de que forma queremos sentir o perfume das  flores que os geraram.
Nossos caminhos somos nós que construímos e é por eles que devemos andar.

1 comment:

Sisi Palheta said...

"As flores que me mandam são fato
Do nosso cuidado e entrega..."

A ESSÊNCIA DA ALMA

Ela disse: -É tão mais fácil ser mau do que ser bom. A gente sofre menos. Parei e refleti, mesmo já querendo dar a minha opinião formad...