Wednesday, December 26, 2012

PREENCHA O QUE ESTÁ VAZIO

Hoje ( talvez sem perceber) minha amiga Eliana me ensinou algo valioso.
É necessário preencher aquilo que está vazio.
Só posso brincar com uma bola se ela estiver preenchida com ar, vazia não serve pra nada...

E está chegando o fim do ano, momento obrigatório para muitos pensarem no que fizeram ou deixaram de fazer...

Penso que você só deixou de fazer alguma coisa se sente algum vazio. Se não o sente, foi preenchido com algo que, talvez, não estava na "lista de prioridades" do fim do ano passado.

Você pode  preencher buracos que você criou ( ou deixou criar) em você mesmo. Pedaços que foi largando por aí e nem percebeu.

Pode preencher esse vazio que insiste em se apresentar e você vai disfarçando, encontrando desculpas para empurrá-lo para o próximo ano.
Vazio se preenche com aquilo que te faz bem.
Pode preencher a saudade com a lembrança da pessoa querida,
Pode preencher a si mesmo se oportunizando, ousando, arriscando...
Você pode preencher silêncios sem tentar decifrar o que "deveria" ouvir...
Preencher-se é alimentar a alma, é ter a liberdade de escolher o momento, as pessoas, os abraços, os braços...
Sentir-se preenchido não é sentir-se cheio, mas sentir-se completo, vivo, útil.
Todos os dias, ao acordar, você tem uma página em branco para preenchê-la aí  você escolhe o que vai deixar marcado. Terão alguns borrões? OK! Tentativas fazem parte e o importante é não apagá-las pois vão te ajudar a refletir se a repetição é necessária em algum momento.
Ninguém precisaria escrever biografias se cada um guardasse seus rascunhos diários e, melhor, que no fim de cada dia pudessem ler e analisar os vazios e preenchimentos.

Todo dia é dia para preencher mas não esqueça que para preencher um recipiente você tem que saber do que ele é composto.


Monday, December 10, 2012

ENTRE HISTÓRIAS E AFETOS

Que existe uma magia, a gente sabe,
Que existe uma ligação fora do comum, a gente foi descobrindo, conhecendo...
Mas o que a gente não explica é essa tal felicidade quando nos encontramos,
Esse prazer imensurável de estar junto, de rir (sempre) das mesmas piadas, de lembrar (sempre) dos momentos vividos...

Tudo é igual e ao mesmo tempo, absolutamente, diferente, exclusivo, encantador, arrepiante.
Cada um ao seu jeito, trazendo cor, flor, amor...
Cada um com eu humor, sabor, calor...

E aí, de repente, não mais que de repente, nos deparamos que estamos entre adultos - SÓ ADULTOS!
Ops, cadê as crianças?

Giovana e Mariana são duas princesas, adultas o suficiente para, conosco, emocionarem-se com as palavras do dono da noite - Dudu. ( impressionante cara!). E o Bruno que ontem mesmo brincávamos na piscina e, eu juro, ele tinha 3 anos de idade!
Ah, e sem falar que o garotinho que ia comigo assistir aos jogos do Paraná Clube vai  se casar!

E, quem diria, aquela menina toda meiga aprendeu a mentir, dizendo que somos sua família e só assim consegue vir todos os anos... ( essa marcou!!!).

Cada um com sua história mas todas buscando um lugar só: o seio dessa linda amizade.

Pode ser 4 horas juntos, uma vez ao ano, milhões de e mails trocados, o importante é que:

O riso é solto, leve e descomprometido,
A brincadeira rola sem melindres,
A vontade de estar junto é tremenda,
A emoção vem a qualquer hora, basta um querer falar e .....
O amor é farto, abundante e, definitivamente, não se explica, isso nós sentimos, somente sentimos...

Chora, ri, briga, brinca, fala pelos cotovelos, cozinha, come, bebe, programa, desprograma, reforma a casa, viaja, exagera, vai morar em outros países, lembra, esquece, compra, faz a decoração de Natal mais linda,  vem de ônibus, de avião, de carro, de jegue, de Valões ...

Mas me prometam só uma coisa: Antonio Carlos, Sonia, Maristela, Orlando, Felipe, Maitê, Dudu, Bruno, Giovana, Mariana, Cintia, Serginho, Otavio, Pati:
Mantenham tudo assim, desse jeitinho e aí eu peço ao nosso Criador, assim, de presente de Natal que me distancie o suficiente de cada um de vocês que que quando eu precisar é só sussurrar.

Thursday, December 06, 2012

DÊ UMA CHANCE A VOCÊ

Existe uma grande diferença de "como eu me sinto" para " como eu me preparei".
Sabe, muita gente não dá uma chance a elas mesmas, não investe no polimento do seu potencial ou, sequer, sabe do seu potencial.

Todos nós temos algo único e especial mas só seremos notados pelas especialidades que são cultivadas e mostradas. É como ser publicitário de você mesmo!

Dê uma chance a você e pare de ficar esperando pessoas ideais chegarem no momento ideal para concretizar aquele sonho ideal.

Há uma discussão a respeito da motivação pessoal: Se ela já vem com você ou se alguém consegue te motivar.
Eu digo que as duas coisas se complementam.
É como se você quisesse cukltivar uma flor e, para vê-la desabrochada, primeiro você precisa da semente que é o que você planta em você mesmo.
Isso é o que você traz consigo para dar a oportunidade dos outros regarem, adubarem e asssim poderem vêla crescer e desabrochar.

Nada nasce em terra seca.
Para poder haver colheita tem que ter o plantio.
Dê uma chance a você, invista mais nas costuras assim como você investe nas estampas pois elas sem suporte não resistem e sucumbem no turbilhão de fantasias dese mundo.

Viva mais o prazer de ser, de florescer pois a vida para alguns pode ser um amontoado de retalhos mas para outras uma colcha com várias estampas, costurada com o que chamamos de ATITUDE!

Thursday, November 29, 2012

PLANTAR E CULTIVAR

Muita gente fala " Falar é fácil, difícil é fazer...".
Concordo, em partes..

Chega um momento que nos deparamos com a realidade nua e crua que é colocar em prática nossas palavras e pensamentos.

Falar, escrever, citar, enfim... é claro que é mais fácil ! E como fazer para praticar isso tudo?

Para mim ( além de ser um exercício diário) é como plantar uma flor.. Diferente de colocar a flor em um vaso com água, onde ela terá prazo limitado de vida, plantar é projetar vida e crescimento.

Manter o que falamos e/ou pensamos é como plantar algo.
E plantar requer carinho, precisa de cuidado, hora certa para regar.
Muitas vezes precisa ser podado para voltar a crescer.
Plantar algo é estar na esperança do fruto, da flor que sejam símbolos da vida e  do crescimento.

Plante em você a prática, o uso e a aplicação dos seus pensamentos.
Toda vez que conflitar-se entre o que diz e o que tem feito, lembre-se que talvez falte água, adubo, terra nova ou, simplesmente, plantar uma nova flor, pois aquela não se adaptou ao terreno.

Monday, October 22, 2012

MANTENHA O EQUILÍBRIO

Relacionamentos são como balanças, aquelass de equilíbrio onde e coloca peso de um lado para medir o peso do que se coloca no outro e assim promover o equilíbrio entre as partes.

Pense bem quanto você está colocando na balança.
Muito? Pouco? Isso depende do que você está recebendo do outro lado.
O importante é manter o equilíbrio, cada um colocando tudo no mesmo peso, na mesma intensidade.


Balança pendendo para um dos lados não traduz parceria, é ação unilateral.
Relacionamentos são como balanças, pratos iguais...

Na verdade não é o que você deseja que deve ser colocado pelo outro, é o que vocês combinam é o acertado, combinado.
Não basta colocar o que quer, pesar o seu lado e exigir que o outro coloque tudo do mesmo jeito.

Relacionamentos são como balanças, vamos manter o equilíbrio sensato, maduro e responsável.
Não vale exigir sem dar e, dando a sua parte exigir tudo igual.

Que tal partir do seguinte:  O que eu quero, o que me faz feliz, o que você quer, o que te faz feliz.
Você percebe que não importa em qual prato você coloque suas coisas?  O importante é que coloque!

Então pense que a balança pode pender gigantescamente em razão das dificuldades, agruras e tristezas... Mas é inevitável a proporção igual de felicidades, triunfos, delícias e prazeres...








Thursday, October 18, 2012

LIBERTE-SE DOS JULGAMENTOS

Se tem algo que, definitivamente, não deve ser misturado é -convenção e prazer.
Se alguém convencionou alguma coisa e você assumiu aquilo como verdade para você, pois bem, está sugeito a julgamentos se não estiver rigorosamente dentro daquela convenção.
Um exemplo disso é a "moda".
Alguém convenciona que usar roupas assim e assado está na moda. Se você não está nem aí para essas convenções e se utiliza do seu gosto e estilo próprios, está livre de julgamentos, pois não aceitou a convenção e deu vazão ao seu prazer de vestir-se à sua maneira,
E assim acontece com todas as convenções ditadas todos os dias por alguém.
O que importa mesmo é ter a consciência que a vida é individual e o prazer também.
Portanto, liberte-se dos julgamentos sentindo o prazer de ser você mesmo, deleitando-se com seus sabores, cores e cheiros.
Agora, se sentir prazer nas suas coisas não te preenche, siga as convenções dos outros e permita-se ser julgado.

Friday, August 17, 2012

ABRA O SEU BAÚ

Temos um baú cheio de coisas que deixamos de fazer e achamos que elas são velhas.

Mas como elas serão novidade se não as usamos ainda?

Aí chega alguém e fala o que você deve fazer e é exatamente tudo aquilo que está no nosso baú.

Pergunto: por que não fizemos? por que guardamos?

Muitas respostas podem ser verdadeiras como:
- Não era o momento, não estava preparado, não tinha condições, instrumentos, etc.

Definitivamente, o noso baú é lugar de armazenar coisas e não guardá-las até que transformem-se em lixo incapaz de ser reciclado.

A pessoa que vem e nos fala  traz, simplesmente, a chave para que abramos esse baú cheio de preciosidades que nós mesmos criamos.

Então, mãos à obra... baú aberto, oportunidades latentes e ações a implementar.

Falta coragem? Volte ao baú e a retire de lá pois, com certeza, você deve tê-la guardado por muito tempo...

Abra o seu baú e seja feliz!

Tuesday, August 14, 2012

MÃE É MÃE

Você veio assim como um susto, num momento de mudança na minha vida.
E aí nese momento eu comecei a te conhecer, bem devagarinho e consegui perceber até mais do que eu imaginava.

Mãe Rita ...
Só você entende as angústias dos seus filhos e as suprime com sua fala certeira,

Só você traduz a tranquilidade que devemos ter diante das situações que, muitas vezes, nós mesmos criamos,

Só você nos mostra que nossa consciência é o que nós verdadeiramente somos.

Você pode até não concordar com todas as palavras que proferimos, mas sabemos que vai defender, até a morte, nosso direito de dizê-las.

Porque Mãe é Mãe e você é assim.

É capaz de me levantar das minhas mais profundas angústias,
alivia o meu peito lotado de incertezas,
mexe com meus brios e me fortalece.

De tudo um pouco você já me ensinou, mesmo calada, só me olhando...
De tudo um pouco você já me transmitiu, bradando, brigando, chamando.

Você tem a capacidade de levantar, acrescer, confortar...
Como eu me sinto forte com a sua presença e, soberana, você vai nos derramando bom senso e todo o seu amor, ao seu jeito.

Ninguém exige respeito de ninguém mas o conquista pelo exemplo e pelas atitudes.
E aí você nos ensina sempre que a felicidade deve ser buscada dentro de nós mesmos.

Representante das mais leais na nossa FÉ,
Conduz todos os ventos que operam nossas mudanças,
Movimenta-se com as ondas do mar, as marés que ditam o vai e vem sem fim, que traz felicidade e leva as angústias.
Faz-nos escalar as mais altas pedreiras sem medo algum dos raios que iluminam nosso céu,
Faz com que nos espelhemos nas calmas e doces águas dos rios e que logo diante podem virar ruidosas cascatas geradoras de energia.
Coloca-nos em contato com as matas, animais e flores que são o alimento para nossa alma.
Enfim nos empunha com as armas mais poderosas e nos deixa escolher como usá-las.

Mãe Rita, tudo em você é magia, encanto, sabedoria, força e devoção.

Subo na mais alta colina e, aos pés do nosso Criador te ofereço meu seguir, meu respeito e minha mais profunda gratidão.

Nunca esqueça que seus passos são guias para nosso caminhar, porque você é, sim, com a gente te vê:
Pode ser a mais leve brisa ou uma forte ventania, depende como a vemos passar.


Saturday, June 30, 2012

PALAVRAS MÁGICAS

Hoje em dia "está na moda" falar das palavrinhas mágicas.
Todo mundo diz que é super importante proferir palavras mágicas tais como:
Obrigado,
Com licença,
Por favor...

Eu acho ótimo tudo isso, desde que deixe de ser "mecânico".
Se as palavras são, realmente, mágicas, se trazem o dito prazer a quem as recebe, devem cumprir o seu papel.
Dizer por dizer, porque é bonito, polido e demonstra educação; não basta!

Que tal falarmos de GESTOS MÁGICOS?

O que você quer dizer quando diz "obrigado", por exemplo?
Quer dizer que você está agradecido, que tornou-se obrigado por aquilo.
Se você pudesse se olhar em um espelho, toda vez que falar estas tais palavras mágicas, talvez entendesse o que estou dizendo.

Uma montanha de gente agradecendo, por agradecer, de cabeça baixa, sem olhar e agradecer, realmente, a quem lhe fez algo e que merece o cumprimento.

Outra coisa é a proliferação do " eu te amo", e novamente dizem por dizer. Você sabe que é amado porque lhe disseram isso,(as três palavrinhas mágicas).
Mas saber-se amado é uma coisa, sentir-se amado é que é a questão.

Palavras mágicas não tem validade sem não vierem acompanhadas de um sorriso.

Precisamos de mais ação pelas palavras e menos palavras sem ação.

E não se esqueça: As palavras são mágicas, encantadoras e também perigosas!


Friday, June 29, 2012

A HISTÓRIA DE UMA FOLHA....

Falando um pouquinho de um assunto que muitos não gostam de falar.
O texto é de Leo Buscaglia e traduz....tudo...simplesmente!



“... A folha se descobriu a perder a cor, a ficar cada vez mais frágil. Havia sempre frio e a neve pesava sobre ela.

E quando amanheceu veio o vento que arrancou a folha de seu galho. Não doeu. Ela sentiu que flutuava no ar, muito serena.

E, enquanto caía, ela viu a árvore inteira pela primeira vez.

Como era forte e firme! Teve certeza de que a árvore viveria por muito tempo, compreendeu que fora parte de sua vida. E isso deixou-a orgulhosa.


A folha pousou num monte de neve. Estava macio, até mesmo aconchegante. Naquela nova posição, a folha estava mais confortável do que jamais se sentira. Ela fechou os olhos e adormeceu. Não sabia que a folha que fora, seca e aparentemente inútil, se ajuntaria com água e serviria para tornar a árvore mais forte. E, principalmente, não sabia que ali, na árvore e no solo, já havia planos para novas folhas na primavera."






.

Monday, June 18, 2012

PRETA

Você não imagina o que representa pra mim.
Você, asim como eu, jamais conseguirá encontrar uma medida para expresar meu amor por você Preta.

De todas as coisas que nos uniram a maior delas é o respeito que eu tenho por você, pela sua sensibilidade, pela sua gentileza, pela sua permanente disponibilidade.
E eu quero estar assim sempre junto de você, junto dessa família que tomei pra mim e ninguém tira.
Quero um dia poder retribuir todo esse carinho, esse calor...
Obrigado por fazer de mim um cara melhor, obrigado por repartir seu íntimo, parte da sua vida.
Meu amor é transbordante, meu carinho é só seu.
De tudo, por tudo, minha preta, pelos momentos ... simplesmente por eles.
E essa fé que nos une e nos fortalece sempre, sempre nos elevará.
Amo-te da maneira mais Luciara que consigo ser, no nosso lugar, no nosso tempo.

Tuesday, May 15, 2012

MINHA RAINHA

Eu acredito que toda mulher carrega em si um ventre fértil, independente da geração tradicional.
O ventre é o lugar  de onde emana o amor feminino primeiro.
A força e a determinação de uma mulher que muitos não conseguem entender, vem sim do seu ventre.

Minha Rainha  de um ventre sublime , trouxe-nos, todos com esse amor e esa determinação que só quem sabe realmenmte o que é dedicação, o faz.

Minha mãe, minha rainha é, simplesmente, a mistura de tudo o que vivemos, ou melhor, da maneira que nos propusemos a viver.

Hoje, lembrando de tantas coisas, de tantos momentos, percebo que tudo fica, tudo permanece quando se traz à atualidade aquilo que vivemos com tanta intensidade.

Minha mãe é como aquela figueira que tínhamos alí atrás de casa, frondosa, forte, doadora de muitos frutos que quando estavam amadurecendo eram cobertos um a um com um saquinho para que os predadores não os atacassem até se tornarem "adultos", prontos.

E assim fomos nós, cobertos, protegidos, aquecidos, até termos condições de nos mostrar ao mundo.

Todos muito unidos em um lugar só, acolhidos e arrumados como aqueles pepinos que "assentávamos"  nos vidros e que virariam alimento para o ano todo.

Assim como aquelas frutas maduras retiradas do pomar para se transformarem em doces saborosos, açucarados nas borbulhas que faziam no enorme tacho de cobre ´. Assim minha mãe foi nos conduzindo, nos transformando.

Moldando-nos em diferentes formas, assim como suas bolachas de  melado para o Natal, cada uma com diferentes formas e confeitos.

Nossa melhor cozinheira nos traz à lembrança aquelas fornadas de pão caseiro, Muitas rosca de polvilho, tantos pães sírios, o melhor quibe do planeta, o incrível macarrão caseiro secando em cima dos panos de prato. Deliciosos cuques de banana ou farofa.  O inacreditável suco de uva que ela mesma espremis no saco branco pendurado em um gancho. A verdadeira maionese é dela ! A suculenta sopa de feijão, o frango abatido  do galinheiro que virava um manjar do qual cada um tinha seu pedaço favorito!
E sempre, sempre comida em cima do fogão a lenha. Fogão que alimentava e aquecia.

Nossa mais linda e elegante Dama sempre arrumada, sempre, sempre com unhas bem pintadas de vermelho, sempre, sempre com batom nos lábios, nos enche de orgulho até hoje quando, mesmo em casa, desfila  com sapatos de salto nos presenteando com sua vaidade absurdamente bem dosada.

Nossa mais linda e dedicada mulher da sociedade, de tantos trabalhos voluntários e caridosos àqueles que não tinham sequer o que comer, lá estava ela, sempre disposta, sempre sensível.

Nossa mãe, noso orgulho.
Orgulho de falar da senhora, orgulho de tê-la como nossa querida e amada mãe que tantas fezes vimos chorar escondida na sua imensa fé, sempre a nos proteger.

Minha Rainha, nada no mundo se compara à senhora, nada no mundo é maior do que o nosso amor e agradecimento.
Somos vaidosos sim em tê-la, em sermos seus  13 filhos que foram tão amados até quando, eu sei, parecia que tudo ia desmoronar.
Minha querida mãe, saiba que nada nesse mundo é mais forte do que o amor dispensado, saiba que somos tão fortes assim porque nos espelhamos no seu exemplo de  exercitar seu coração, todo tempo a nos acariciar com sues gestos ou essa inexplicável força que vem do seu bendito ventre.

Monday, April 23, 2012

A LINHA DO EQUILÍBRIO

Meu amigo me disse:
"Procure, sempre, seguir uma linha reta na sua vida, sempre próximo a ela, nem muito acima nem muito abaixo".

É claro que nem sempre ( e nem sei se é o ideal) conseguimos andar "em cima da linha".

Variações são necessárias desde que não se afastem muito da linha. Um pouco acima, um pouco abaixo. Porque é assim que a vida é conduzida, com movimentos, conforme nós vamos vivendo e fazendo nossas escolhas.

Existem sim picos de euforia e picos de depressão que nos afastam dessa linha e aí é que acontece o excesso.

Precisamos tomar cuidado e, principalmente, não tomar nenhuma atitude em clima de excesso.

Pessoas "muito felizes" em picos de euforia tendem a prometer tudo, tomar decisões, propor casamentos, etc.
Pessoas 'em depressão" tendem a cometer bobagens pois acham que nada mais vai dar certo.

Nem em um momento nem em outro as decisões são saudáveis.

Buscar estar próximos da linha, sempre um pouco acima ou um pouco abaixo é mais seguro.

Altos e baixos sempre vão acontecer o que precisamos é encontrar o equilíbrio e não tentar decidir tudo no calor desse momento, para não se arrepender.
Aconteceu? ok! Pare, exercite a capacidade que você tem de centralizar e lembrar que qualquer decisão nesse momento pode ser catastrófica.

A forma da sua busca é você que desenvolve, é você que resolve em que  ou em quem vai se amparar.

Quem já não passou por  apuros?
Quem já não pensou que nada mais daria certo? Que não encontraia mais ninguém que te fizesse feliz?
Quem já não prometeu coisas e coisas em momentos de euforia e depois se arrependeu?

Então vamos buscar que nossa vida seja paciente; que  superemos os altos e baixos a que é sujeita sem ser posta a prova.
Que seja fértil; que se regue das lágrimas que trouxer, sendo estas de dor ou de alegria.
Que seja próspera e deixe o que passou para trás, como simples recordação.


Altos e baixos vão acontecer, mas que sejam bem próximos da linha mestra.



Sunday, March 25, 2012

LILOCA NA MINHA VIDA

Eu nunca tive dúvidas que seria uma grande, longa e forte amizade.
Eu nunca duvido de energias similares.


Então, acreditando nisso tudo você me fez perceber um novo tipo de amor.
Aquele amor simples, descomplicado, despretensioso,
Aquele amor que só se interessa pelo outro,, pela sua alma, pelo seu jeito.


Então, acreditando nisso tudo, você me ensinou a viver mai simples, mais guerrido e muito, muito mais confiante nas amizades de verdade.


Momentos tão simples e ao mesmo tempo tão sublimes ( porque nós não precisamos mais do que isso) foi aí que você se mostrou... lindamente humana, perfeitamente gente e aberta ao amor.
Não sei se algum dia eu conseguirei te devolver uma gota sequer desse oceano de sensações e ensinamentos.


Que presente te ter assim, te ver assim e te sentir assim...
Mulher das mais fortes,
Menina das mais inocentes,
Amiga das mais importantes.


Talvez você não tenha noção do que sinto por você e da felicidade de ter seu amor, por teu amor.
Que força é essa que te levanta sempre e ao mesmo tempo me carrega junto...
Que poder é esse de recomeçar..
Que brilho é esse que transmuta do seu sorriso.


Quando eu te vejo sentada, simplesmente, sorrindo e se divertindo com o que a vida te traz e com o que você conquista eu fico assim me questionando porque o mundo precisa de tanta coisa desnecessária se o lindo vem dessas pequenas conquistas e do seu deleite...


Eu só sei que preciso, sempre, não perto, mas junto, presente...
Sou grato a Deus que me fez presente para receber você, meu presente.

Tuesday, February 28, 2012

DA BELEZA À SENSIBILIDADE

Quando tento exprimir meus sentimentos por alguém ou por alguma coisa, principalmente na hora de escrever, eu tropeço nas milhões de palavras que se contextualizam na minha frente.


Mas eu procuro a serenidade dos pensamentos para tentar dedicar as mais belas e sensíveis palavras àqueles que amo.


Então, como num conto de fadas..... era uma vez....



A meiga e doce Princesa Cristiane Rodrigues que vive em um lindo mundo criado por ela.
Recheado de amor, respeito e admiração.

A princesa Cristiane ama intensamente que até parece que consegue materializar esse sentimento que todos gostariam de saber o formato.

Seu amor é tão puro, tão simples e tão intenso que às vezes eu tenho a sensação de nunca tê-lo conhecido antes.

Então, misturado a esse lindo amor, seu Reino é invadido pela sua sensibilidade que nos abraça, nos conforta e nos fortalece.

Princesa Cristiane tem na mistura do amor e da sensibilidade, a sua beleza irreparável,  e eu acredito que cada pessoa que a vê, visualiza uma princesa diferente.
Mas sempre princesa, mas sempre admirada, e sempre liderando com  gestos inigualáveis.
Essa princesa é o que todo mundo deveria ter por perto.
Puro brilho, pura sensibilidade, pura emoção.


Nem sua beleza, nem sua sensibilidade se apagam diante da sua doçura porque nesse seu Reino o que impera ( sempre) é que cada belo sentimento que emana do seu coração  fica atrás da porta só esperando você passar e aí..... invade seu coração e aí.... você nunca mais é o mesmo.


E com ela, vivamos felizes para sempre...


God Save the Princess !

EM BUSCA DO BRILHO

Eu, às vezes, me pego pensando quantas vezes eu aceitei coisas sem brilho na minha vida,
Quantas vezes eu me deparei com coisas, gente, lugares e situações opacas.
Quantas vezes me peguei justificando para mim mesmo que isso tudo era necessário, pois são pedras que aparecem no nosso caminho para nos ensinar.
Quantas vezes eu já disse a outras pessoas que toda pessoa  que está na terra é um anjo, independente da cor das suas asas....
E aí chega um momento onde você pára e começa a classificar isso tudo - PURA NECESIDADE!
Sinto uma vontade enorme de só receber coisas que brilham.

Pessoas que brilham,
Lugares que brilham,
Conversas que brilham,
Livros e músicas que brilham,
Situações que brilham.


Hoje, mais do que nunca eu busco a seleção fina do brilho.
E ter brilho não é carregar uma lanterna, usar uma roupa com espelhos, não é usar jóias.


Ter brilho é ter sentimentos puros e manifestos,
Ter brilho é saber conduzir uma amizade com respeito e com os dois pratos da balança na mesma altura.
Ter brilho é preservar lares e lugares harmoniosos, tratando todos com igualdade.


E assim como o Universo continua a girar vamos fazê-lo girar  com a energia do brilho que vem daqueles que acreditam não precisar empoeirar-se de purpurina para ser brilhante!

Monday, February 27, 2012

DIGA QUE AMA

Se você ama, diga que ama.

Muita gente acha isso muito difícil ou quase impossível.
Mas vale a pena concentrar-se no que, realmente, é importante.
E não vivemos dizendo por aí que " o amor é a coisa mais importante"? 
Pois é, agora chegou a hora de confirmar isso tudo PRA VOCÊ MESMO!
Chegue à conclusão que isso não faz bem apenas para quem recebe, mas também para você que vai proferir.
Diga para as pessoas que as ama, qual o problema?
Diga o seu conforto por saber que aquela vida e a sua vida se olham amorosamente e têm um lugar de encontro.
Diga a sua gratidão.
O seu contentamento.
A festa que acontece em você toda vez que lembra que o outro existe.
E se for muito difícil dizer com palavras, diga de outras maneiras que também possam ser ouvidas.
Prepare surpresas.
Reinaugure gestos .
Mas, não deixe para depois.
Depois é um tempo sempre duvidoso.
Depois é distante daqui.
Depois pode carregar arrependimentos,

 Depois é sei lá...

Monday, February 13, 2012

O SEU Guarda Chuva

Minha amiga Cristina me deu esse presente hoje:
“ Ricardo, cada um vem com um guarda chuva, do seu tamanho...”
Na verdade debaixo do seu guarda chuva só cabe você, se tentar colocar mais alguém embaixo, alguém vai acabar se molhando...
Não podemos  fazer do nosso guarda chuva um guarda sol e  tentar colocar todo mundo lá, tentar proteger todo mundo...
Passamos tanto tempo buscando resolver o problema dos outros e acabamos por esquecer de nós mesmos...
Ah, eu sei que muitos, e até você,  já disseram isso inúmeras vezes, mas a verdade é que  esses atos de “proteção” nada mais são do que o ato de fechar o guarda chuva dos outros e assim fazer com que eles busquem abrigo sob outro guarda chuva que não é deles.
Deixar de ajudar? Não, nunca!
Mas dosar isso tudo, ensinar as pessoas a manter seus guarda chuvas abertos a fim de que possam proteger-se através daquilo que construirem.
Na verdade é preciso mostrar que existe um mundo além do seu guarda chuva, que insistimos em tentar aumenta-lo, para  aprimorar essa falsa proteção.
O que as pessoas precisam é encarar o perigo, as incertezas.
É ter a alma em festa, ter o vento bagunçando os cabelos como se elas mesmas fossem o vento.
Portanto cada um com seu guarda chuva, cada um no seu ,mas andando lado a lado, porque  a proteção não é o amor, o amor é que é a proteção.

Monday, February 06, 2012

O MOVIMENTO DA VIDA.

Você já percebeu que para toda morte tem um renascer?
Mesmo que você não consiga entender no momento, mas sempre, sempre algo renasce quando outro se vai.

Árvores frondosas se sustentam da morte das suas folhas que caem, de tempos em tempos, e adubam a terra para fortalecer a sua raiz.

De uma tristeza que parece sem fim, sempre aparece algo diferente, mas nós estamos tão absortos em nossas mágoas que nos tornamos incapazes de ver o que de bom está acontecendo à nossa volta.

Tem gente que chama isso de força de compensação, mas eu não sinto assim.
Eu só sinto que perdemos tanto tempo absorvendo as mágoas e deixando com que os outros decidam o que devemos fazer da nossa vida que, sequer notamos que o mundo continua a girar e vai continuar apesar da sua introspecção-melancolia ou outro sentimento praticamente egoísta.

E em cada movimento dessas voltas que o mundo dá, algo de novo está acontecendo e você aí simplesmente pérdendo a oportunidade de contemplar um matiz diferente no céu, o sorriso de alguém que quer te ver feliz...

Mas como tudo é uma questão de escolha, a liberdade, nesse caso, é decidida por cada um, eu prefiro, todos os dias ao abaixar-me para colocar os meus sapatos perguntar: E AGORA?

Bem, o mundo está lá fora, girando, acontecendo, mudando, secando lágrimas e eu SEMPRE decido: Vou com ele porque adoro estar em ótima companhia.

LARES E LUGARES

Fiquei dias pensando como existem lugares que nos fazem bem. Aqueles lugares que nos transmitem segurança, que nos deixam completamente  à vontade.
Da mesma forma existem lugares que nos intrigam, nos prendem, nos fazem, a todo momento, tentar descobrir o que é aquilo tudo.

Lugares são templos edificados com a energia de quem os habita.
Você percebe que os lugares tem sempre algo de peculiar? Algo que, rapidamente, identifica quem construiu, que vive ou viveu lá?

É certo que existem lugares-lares, que são edificados baseando-se no amor, na convivência harmoniosa e na "coisa boa".
Esses lugares são mágicos, são daqueles projetos que você entra e não quer mais sair. Sente-se tão bem lá, porque não importa se as pessoas que o edificaram ainda estão lá, importa que a energia  foi espalhada em algum momento e é como se as paredes a absorvessem e liberassem sempre que preciso fossem.

Por exemplo, a casa da minha mãe é mágica por tudo o que vivemos nela, pela reunião da família, pelo amor manso, agitado...
A casa da Susana é uma homenagem à energia boa, pura e, absolutamente transparente. Lá, as paredes são, como se fossem pessoas bem orientadas que só absorvem o bem de quem lá está.
Kelly tem uma singularidade quase invisível na sua casa e o lar que lá se instalou me faz perceber que lá existe força suficiente para declarar guerra a um exército.
A varanda da casa da Elba é um círculo que chama para a reunião, para momentos felizes, onde as pessoas se colocam como coadjuvantes diante de tanto carinho de quem recebe.
A casa da D. Eny, Sr. Carlos e Gika é, simplesmente o Templo do Amor.
Aquele espaço externo da minha casa é pura mistura de todos os mais maravilhosos sentimentos que emanam dos meus amigos que lá se deixam tragar pela beleza do pôr do sol.
Ah, a casa das Moraes em Belém é uma daqueles coisas que não se explica, simplesmente se puxa o ar e permite que o Universo se entranhe.
O meu amigo Diogo tem um lugar criado para encantar, a sua casa, do seu jeito com a sua respiração.
A casa da Rosa Freitas é pura inspiração para quem sabe o que é a intensidade de viver bem.
Meu amigo Rinaldo sempre tem um canto acolhedor na sua casa onde a reunião de seres extraordinários é uma ordem.
As casas da Chary são as mais lindas dedicatórias ao mundo comandado pelo aconchego.

Lugares devem ser lares e não só casas porque muita gente ocupa-se a vida inteira em construir uma casa mas depois esquece de edificar um lar !
História não se consttrói somente com o passar dos anos, história é formada por experiências vividas e não precisamos de muitos minutos para isso acontecer.

Monday, January 23, 2012

SABORES QUE NÃO MATERIALIZAM

Mais um tributo à sensibilidade e à maravilha que são minhas conversas com minha irmã Susana.

A vida é a variedade.
Assim como o paladar pede sabores diversos,
Assim a alma exige novas impressões.

E assim falávamos sobre os sabores que não conseguimos materializar.
Sabores que podem ser a real degustação de algo que nos traz lembranças remotas, antigas.
Degustar aquele doce que faz a tua infância te encarar novamente.

Esses sabores não se materializam, ficam assim como uma espécie de desejo permanente, uma vontade de que o gosto nunca mais acabe.

Da mesma fora existe o sabor daquilo que sequer se degusta.
Aí entra a genial Sukita me dizendo: " Adoro churrasco mas não gosto tanto de carne"..

Genial mesmo é perceber que o churrasco, nesse momento, não é a carne assada!
É a reunião,
São as companhias,
É a farra toda de estar juntos...
Esse sabor não se materializa,  só se sente, se degusta com a alma.

Ah, como é bom estar envolvido por esses sabores,
Como é bom pode alimentar-se de boa música, de boas recordações.

Mais do que saciedade isso tudo é preenchimento !
Pois todos os homens se nutrem, mas poucos sabem distiguir os sabores.

Saturday, January 07, 2012

OUSE FAZER

O passo a mais que, longe, muito longe, damos a cada caminhada é o que nos coloca mais próximos de tudo o que ainda podemos ser.
 A tentativa além, um pouco mais além, de todas as que já fizemos é a que mais claramente revela do que somos capazes e até onde poderemos chegar.
Quantos de nós nos entregamos antes mesmo de tentar. Pela simples dificuldade de perceber que é possível ultrapassar o limite do círculo que em torno de nós e ao longo da vida traçamos.
Quantas vezes estivemos na iminência de girar a maçaneta da porta que nos levaria da escuridão à claridade e não o fizemos, simplesmente por não aceitar o impulso livre, soberano e intuitivo que conduzia nossas mãos a girar.
Por não crer na liberdade, nos impulsos da alma e na própria intuição. Quantas vezes hoje você ouviu seu coração? Sem temer, sem limitar, sem pré-conceber, sem pré-julgar, sem se prender, deixando-se levar pelo prazer de descobrir, correr riscos e realizar.
Pobre de quem põe a nuvem do medo diante dos olhos. Que prefere fugir a se dar o direito de praticar o sonho. Tem aquele que, sem saber que era impossível, foi lá e fez *. Esta é sua vez.
 O verdadeiro poder é de quem ousa fazer.

Tuesday, January 03, 2012

FORÇA 2

Que força é essa que você tem que ultrapassa todos os limites.
Que força é essa que domina  tudo e te faz ressurgir,
Que força é essa que sempre te impulsiona e não te deixa desistir ou sequer sentir medo.
Força de viver, força de enfrentar o que tiver que vir,
Força que te mantêm no prumo, na mais pura serenidade,  mesmo quando tudo insiste em te provocar do contrário).
Essa força que vem de dentro é a mais pura expressão do seu ser, da sua vontade e das suas escolhas.
E assim você vai, passeando ora por iluminados bosques, ora por escuros pântanos e o que te move é a certeza de ter a força e isso sim te torna forte.
Ninguém consegue colocar nada aí dentro, ninguém nunca vai conseguir decidir por você – levantar ou cair.
A força é sua porque você a admitiu, você escolheu não se entregar.
Força pode ser  arma, escudo, luz... depende  de, quando, como e para que você vai usá-la.
Força é brilho que ofusca e que atrai, é manifesto e percepção.
O segredo da força está na vontade, aí sim você consegue dar a intensidade necessária para o seu uso.

Monday, January 02, 2012

PALAVRAS SÃO SEMENTES

Com certeza você já ouviu falar que as palavras proferidas não retornam mais... que palavras tem poder...
Pois é, palavras são sementes que lançamos todo momento sem, muitas vezes, perceber onde elas vão parar e onde elas germinarão.
Pode cair próximo de onde são lançadas ou podem viajar longas distâncias e brotar em um lugar, atingindo o ponto... certeiro.
Existem sementes de todos os tipos que podem gerar as mais lindas flores e plantas,
E existem aquelas que tem destino certo e cultivam plantas venenosas.
Palavras são sementes e são essas sementes que passamos nossos dias a jogam em solos férteis.
De uma forma ou outra elas irão brotar e o que vai nascer depende da forma que elas foram lançadas.
Podem  fazer crescer árvores centenárias, que duram uma vida inteira ou apenas uma plantinha que é consumida logo.
Sementes são frutos das palavras, então antes de escolher o solo onde eles serão lançados, verifique se tem força suficiente para suportá-lo. Caso contrário adube-o, prepare-o e aí sim plante algo.
Palavras são sementes e a vida é  o caminho, a terra  onde as lançamos.
Cuidado, no final desse caminho você terá que voltar e caminhar sobre o que plantou.

LEMBRANÇA

Basta uma lembrança, esse estímulo da alma. Basta um único olhar cuidador para que tudo venha à tona. E aí percebe-se que não basta existi...