Wednesday, December 26, 2012

PREENCHA O QUE ESTÁ VAZIO

Hoje ( talvez sem perceber) minha amiga Eliana me ensinou algo valioso.
É necessário preencher aquilo que está vazio.
Só posso brincar com uma bola se ela estiver preenchida com ar, vazia não serve pra nada...

E está chegando o fim do ano, momento obrigatório para muitos pensarem no que fizeram ou deixaram de fazer...

Penso que você só deixou de fazer alguma coisa se sente algum vazio. Se não o sente, foi preenchido com algo que, talvez, não estava na "lista de prioridades" do fim do ano passado.

Você pode  preencher buracos que você criou ( ou deixou criar) em você mesmo. Pedaços que foi largando por aí e nem percebeu.

Pode preencher esse vazio que insiste em se apresentar e você vai disfarçando, encontrando desculpas para empurrá-lo para o próximo ano.
Vazio se preenche com aquilo que te faz bem.
Pode preencher a saudade com a lembrança da pessoa querida,
Pode preencher a si mesmo se oportunizando, ousando, arriscando...
Você pode preencher silêncios sem tentar decifrar o que "deveria" ouvir...
Preencher-se é alimentar a alma, é ter a liberdade de escolher o momento, as pessoas, os abraços, os braços...
Sentir-se preenchido não é sentir-se cheio, mas sentir-se completo, vivo, útil.
Todos os dias, ao acordar, você tem uma página em branco para preenchê-la aí  você escolhe o que vai deixar marcado. Terão alguns borrões? OK! Tentativas fazem parte e o importante é não apagá-las pois vão te ajudar a refletir se a repetição é necessária em algum momento.
Ninguém precisaria escrever biografias se cada um guardasse seus rascunhos diários e, melhor, que no fim de cada dia pudessem ler e analisar os vazios e preenchimentos.

Todo dia é dia para preencher mas não esqueça que para preencher um recipiente você tem que saber do que ele é composto.


No comments:

DE REPENTE 51

De repente 51.. Não, não foi de repente. Foram todos, um a um construídos com a determinação que quem sempre soube o que veio fazer nesse...