Tuesday, August 27, 2013

A SENSÍVEL HABILIDADE

A sensibilidade existe em qualquer lugar, ela está por aí, vagando e esperado que alguém a assuma.
Sensibilidade não é algo particular, sensibilidade é algo que alguém resolver tomar como forma de viver.
O Ser sensível é aquele que distribui ensinamentos, momentos  e situações.
Pode ser choro pode ser ajuda, pode ser consciência da necessidade que muitas vezes se confunde.
Pode-se ser sensível chamando a atenção, colocando palavras mais duras, conselhos verdadeiros.
Estar sensível é olhar para o outro, para seu mundo e riscar uma linha de conduta.
Sensibilizar-se é tratativa, é olhar sereno ou inquisidor, é na verdade preocupar-se com o bem estar.
Sensibilidade à flor da pele pode ser aconchego e repulsa, carinho e dureza.
Da sensibilidade nasce um jeito de agir mas só a tem quem a assumir como sua forma de viver.
Ser, estar, viver e reconhecer a sensibilidade que está por aí, vagando, a espera de almas perspicazes e avidas por fazer o bem, sem cobranças e sem medo da extrema felicidade que é o doar.

DE REPENTE 51

De repente 51.. Não, não foi de repente. Foram todos, um a um construídos com a determinação que quem sempre soube o que veio fazer nesse...