Friday, October 31, 2014

CONTAMINE-SE

Se externamente somos um mosaico, uma junção de pedaços de toda as nossas experiências, internamente somos recheados.

Vivemos e assim vamos nos conduzindo por tantas veredas a espalhar, não os nossos pedaços, porque esses são junções de experiências de todos os tipos, mas o nosso recheio que é composto de sentimentos os quais aceitamos, pois só nos recheamos daquilo que em que acreditamos.

Dentre tantos recheios, a Paz é sempre deixada com a menor parcela de importância porque sempre é considerada como pre requisito... viver em paz, desejar a paz, espalhar a paz...

A Paz é traduzida por si só. 
A Paz não é sentimento, é desejo.
A Paz é recheio e não cobertura.

É necessário ter a Paz dentro de si, para poder imprimir a paz dentro do outro e assim a multiplicação e dever único da forma de se agir.
\
A Paz é contágio.

E só é contaminado quem está próximo, quem tem contato.

Paz é um assunto de pessoas.

É junção de desejo, é reverência ao ser.

Se somos verso de reverso, somos na miséria e na fortuna, na fome e no deleite.
E a Paz ultrapassa, transpassa e resiste mesmo que as pessoas inventem uma vacina, baixou a guarda, ela te contamina e o seu papel é o reverso........ contagie, contamine, conte, mine se for preciso.






No comments:

A ESSÊNCIA DA ALMA

Ela disse: -É tão mais fácil ser mau do que ser bom. A gente sofre menos. Parei e refleti, mesmo já querendo dar a minha opinião formad...