Monday, November 10, 2014

TIPOS DE ABORTO

Independe do que se acredita ou se considera sobre a vida, ha algo que não deve ser desconsiderado: O direito irrestrito de ter a chance de viver nessa vida, de ter as oportunidades que todos tem de viver e cumprir as missões definidas por nós mesmos.

Ceifar esse direito é negar a vida a alguém que, muitas vezes não consegue se defender, é um tipo de aborto.

Tirar uma vida é um aborto, tirar os direitos de uma pessoa é um aborto, violência e abandono são abortos.

Cercear a liberdade, violentar as capacidades individuais, abandonar o que se propõe são tipos de violência mascaradas e dissimulam o real sentido da palavra e do entendimento.

Então, entre o crime e o pecado, o que mais dói é a ignorância de procurar a culpa e colocá-la nos lugares errados.

E a contraconcepção fica por aí vagando em todos os setores da humanidade, disfarçada de falsos moralismos e eufemismos gritantes.

O aborto mata, mata existência, mata projeção e mata sonhos e esses são tão doloridos quanto um corte na carne.

No comments:

DE REPENTE 51

De repente 51.. Não, não foi de repente. Foram todos, um a um construídos com a determinação que quem sempre soube o que veio fazer nesse...