Wednesday, April 22, 2015

HISTÓRIA VIVIDA

Não há história dentro da história.

Há uma história vivida dentro do amor e da cumplicidade onde nada se exige além da entrega de coração.

E assim, leve e comprometido, deixa o peito aberto para novas emoções.
E assim, na essência, é que se permanece entrelaçado o desejo de amar, simplesmente.

Não há nada mais bonito do que a história, escrita, sublinhada, falada, ditada e sempre vivida.

O amor é todo liberto e destinado.
O amor é saciado pela volta do sentimento, pelo eterno romantismo, pela singeleza do gesto.

Há uma história silenciosamente descrita, quase subliminar, e por qualquer descuido pode esvair-se.

Está valendo se borbulhar o sangue, se gelar o estômago, se arrepiar a pele.
O que vale mesmo é a história vivida por qualquer transformação, desde que seja verdadeiro o momento e única a sensação.


No comments:

OS 3 PODERES

São Três: Uma subiu meteoricamente a qualquer custo. Outra desistiu de tudo e afundou-se em situações depressivas. E há aquela que ficou...