Friday, May 29, 2015

KELLY - UMA GRANDE PARTE DE MIM

De todo amor que possa receber nessa vida o teu é um dos mais puros e sinceros.

De tudo o que eu possa imaginar sobre confiança e apoio, sua presença na minha vida é, sem dúvida, uma das mais importantes.

Admiro sua forma de conduzir os desafios, sua leveza em enfrentar o novo, transformando tudo em fáceis alegrias.

Você me conquistou com seu sorriso, sua alegria incontida, seu deslumbre pela vontade incontida de viver plena e soberana.

Amo sua vivacidade, seu empenho em querer que tudo esteja bem e feliz. Isso te transforma no ser exemplo de missão.

Exemplo de mulher de fé, carregando seus conceitos de forma a respeitar as essências e as diferenças, nunca abandonando o eco do seu coração.

Sou seu fã, porque idolo é aquele que nos dá exemplo, que nos mostra como se pode movimentar as peças desse gigantesco Universo sem trapaças, sem blefes, simplesmente doando o que tens der melhor:no seu íntimo.

Sofisticada, elegante e incrivelmente simples, vais conduzindo todas as situações como a cumprir verdadeiramente nossa maior missão - a de ser feliz e tornar felizes todos os que te rodeiam.

E assim vai desfilando por nossas vidas, solta e arraigando-se nesse nosso mundo sedento de pessoas como você, pessoas com brilho próprio, aquelas que não tem necessidade de tomar o que já é seu por essência.

Amo-te, e tenho orgulho de dizer que és uma das melhores personagens vivas que o Criador trouxe para fazer parte do meu espetáculo.

Friday, May 22, 2015

ADRIANA MANTARRO POR INTEIRO

Eu poderia até repetir para mim mesmo, em forma escrita, essas suas qualidades explicitas, perceptíveis e autênticas por demais.

Essas suas peculiaridades tipo: "coisa da Adri" e por aí vão suas características rasgadas que eu tanto amo.

Mas como todo tesouro é buscado e encontrado nos mais longínquos e difíceis territórios eu quero declarar a minha paixão pela busca dessa joia que se tornou para mim.

Muito mais pelo seu jeito manso e felino do que pelos pseudos ataques que você pode gerar, pela sua simples presença.

Acho que, ma minha maneira, eu te conheci e hoje me reconheço em muitas coisas que você me ensinou e eu passei a assumi-las como minhas.

Aprendi com você  que toda turbulência é gerada a partir de uma demasiada mansidão e assim sendo tem características reversíveis.

Aprendi com você que a essência não é revelada pelo que se demonstra mas sim pela forma íntima de acreditar no SEU ser.

Observei e aprendi com você que não basta complacência e que às vezes sorrisos podem vir acompanhados de garras afiadas.

Há uma verdade que eu aprendi com você que é a forma particular de amar e requerer amor, de um jeito manso, quase secreto.

Com você também aprendi a velar emoções quase incontroláveis na certeza de que isso me fará um bem danado em um futuro próximo.

 E assim fomos, aprendendo a nos gostar, nos entregar cada um com as suas partes e disso tudo resta o  meu respeito pela beleza como conduzes suas raízes perfeitamente mutáveis e fincadas onde quer que queiras.

Wednesday, May 13, 2015

O SER PROSTITUÍDO

Fácil seria viver longe dos julgamentos se ele não nos açoitassem diariamente com as longas caudas dos seus chicotes.

A inversão dos valores, conceitos, preceitos, ou sei la como devemos chamar esses pré conceitos chega a um limite extremo e sempre esbarra na ignorância.

Se conseguimos admitir que cada um tem suas ideias, tem o direito de pensar, de ir e vir, podemos dizer que cada um recebe um corpo material e faz dele o que bem quiser. E claro que pagando sempre pelas consequências dos seus atos.

Dizem que uma das mais antigas profissões da humanidade é a prostituição, a venda do corpo - e aqui não se julga o fator prazer - para  ganhar dinheiro.

Pois bem, talvez esse seja um dos maiores julgamentos provenientes daqueles que fingem ser o que não são, que agem como outros.

Hipocrisia pensar ( ou bradar) que só se prostitui o corpo. Ledo engano daqueles que veem somente a massacrada matéria alvo dessas injúrias.

Prostituição é, simplesmente, o uso degradante de alguma coisa, seja ela material ou não.

Pior é prostituir a alma, na leviandade de esconder-se atrás de crenças que não são praticadas.
Pior é prostitui-se todo os dias desintegrando todo o sopro de pureza que recebeu ao vir a esse mundo, simplesmente apontando dedos imundos na cara dos seus escolhidos réus.

Quem prostitui a carne o faz escondido na vergonha de si mesmo.
Quem viola a pureza do seu ser, muitas vezes não sente vergonha em escancará-la e simplesmente não aceita ser colocado no mesmo banco como se fosse catedrático na igual arte.

Mentiu? Foi desonesto? Falsificou? Ah, isso tudo se apaga com o tempo, não é?
Mas difícil mesmo é tentar limpar da pele dos julgados essa tatuagem negra feita a ferro e fogo e à força.

A CONCESSÃO DA VIDA

Pode ser que algo ultrapasse nosso entendimento imediato. Pode ser que algumas questões não façam parte do nosso convívio íntimo. Pode ser...