Tuesday, October 20, 2015

SEU OLHAR

Quando o meu olhar te encontrou eu senti que algo se derramava em mim.
Quando me encontrei no seu olhar eu fiquei buscando o que jamais teria explicação.
Quando senti o calor da aproximação eu até busquei defesa, em vão.
Quando tudo parecia avançar eu senti a insegurança rondar.
Mas quando voltei a fitar-te eu me encontrei calorosamente no seu olhar.
E assim eu me desvendei e me trouxe de volta ao mundo dos deleitados.
E quando eu me miro eu sei que de tudo o que consigo ver tem o resquício do seu olhar, agora cuidador da minha alma.

No comments:

A ALMA CHORA

Ela chegou e nem foi tão de mansinho assim. Trouxe-lhe flores que perfumaram o ambiente, trouxe doces que o inundaram de prazer... Instalo...