Wednesday, March 29, 2017

DE SORRISO EM SORRISO

O belo sorriso não engana.
Até pode tentar amenizar o que por dentro não se justifica.

O belo sorriso é só para olhar no espelho.
Só para dar a sensação de saciedade do ser lascivo que vive nas suas entranhas.

E sem perceber que por detrás desse belo sorriso há um efeito corrosivo, pois a alegria não aceita montagens, a sinceridade não suporta simulações e a felicidade só existe em belos, claros, largos e transparentes sorrisos.

E por si só o sorriso se entristece, envelhece na alma porque o seu efeito não é elástico, é plástico.
E por fim há o abandono da aura , do ser, do humano que deixou de existir desde que pintou o brilhante com tinta fosca.

Saturday, March 25, 2017

O VERDADEIRO MUNDO DE ITA

Eu a conheci e foi instantâneo.
Deixei o momento me seduzir, já que ela lançou gestos únicos e simples e assim aquele instante nos tragou.
E uma sensação me invadiu, daquelas que somente a sensibilidade vinda de uma mulher sabe me arrebatar.

Sensível e forte.
Única no ser e perceber.
Flor com espinho.
Sabedora das nuances da vida.



Incrível Mãe de todos. E todos a querem protegendo.
Estilo e verdade. E de verdade dança nos mais diferentes sons.
E eu a trago aqui no peito, bem juntinho a mim como uma ligação energética que me ilumina.
Faço minha as suas palavras:
Amada, amo por nada, e nada reduz esse sentimento tão amoroso que me traz.
Mulher, assim você é na essência de me perfumar só com a presença.
Pelas suas cores, traços, desenhos e feitura eu agradeço ter te encontrado.


Monday, March 20, 2017

NA LUZ DE MARLENE

Nem a lua cheia daquele dia poderia imaginar o que se tornaria aquele encontro.

Mas ela é eterna testemunha de um grande amor nascido sob toda sua luminosidade e magnitude.

E assim fomos, somos e seremos comandados pelo brilho desse nosso encontro.
E eu te disse que não seria nada fácil se livrar de mim e que eu sabia que naquele dia nascia uma grande, forte e duradoura amizade.

E em todo esse tempo fui percebendo que a lua habita em você, Com todas as suas fases, período após período mudando e encantando a todos.
Percebi que só habita o seu ser os grandes guerreiros. Que seu solo é tortuoso, mas se for convidado a entrar pode-se perfeitamente flutuar.

Cheia de vida.
Crescente de amor
Nova a cada instante.
Minguante das pequenezas.

Minha princesa, todo amor que posso te desejar é pouco diante de tanto carinho recebido.
Se por nem tirar, definitivamente, você me acolheu e se despediu de mim com a certeza de que o amor e a presença são um ir e vir constantes.
Sou tão feliz por ter a festa que você faz no meu coração, em viver com a lembrança do teu abraço e da risada solta.

E nada mais posso desejar a um ser tão luminoso quanto você, apenas aquela frase do dia mágico em que te conheci.
Iluminai meus pensamentos.

Saturday, March 18, 2017

O SER LUMINOSO

A sensibilidade do ser humano está dentro, é própria e individual.
Não se encontra sensibilidade igual, cada gema tem suas ranhuras, seus defeitos e seus brilhos próprios.

Gosto de uma pedra que talvez você não goste. Porém não há quem não se encante com o brilho à mostra, com aquela luminosidade marcante que vem das entranhas de quem as expõe.

E é essa a tal sensibilidade que brilha, isso sim é capacidade de mostrar-se infinitamente.

Uma pedra lapidada jamais volta a ser bruta.
Mas mesmo o ser lapidado pode não brilhar porque o brilho é reflexo.

Pedra lapidada no escuro não brilha, ela precisa estar exposta a algum tipo de luminosidade externa, senão fica limitada ao seu ego.

E, definitivamente, brilhe-se.




Thursday, March 16, 2017

O OLHAR REFINADO

Belo mesmo é a percepção, o olhar refinado para o outro.
É saber (a) colher com amabilidade a importância que vem emanada do ser próximo.

Sensível e diferente é aquele que se mistura nas diferenças de quem vem ao seu encontro, que se reconhece nas igualdades e por isso se intensifica.

Torna-se mais gentil aquele que se movimenta, não pelo andar da humanidade, mas pelos trôpegos passos de alguém que faz a diferença ao se expor pelo que é.

E assim os sentimentos vão e vem como numa corrente elétrica que energiza as duas pontas, fazendo com que a felicidade latente e recíproca invada os participantes.

E assim o mundo se torna menos letal, diminuindo a fúria, fazendo com que as pessoas se atravessem ao invés de se atropelarem.

E assim os mundinhos particulares se unem tornando-se  uma força indestrutível nem que tudo ainda esteja virado para dentro.

Belo mesmo é poder perceber que a capacidade de operar isso tudo existe e´só depende da liberação própria e da vontade de querer mudar.

Cada um com seu mundo particular, deixando e permitindo que o mundo não só ronde seu território, mas consiga ser o astro que o ilumina.

DE REPENTE 51

De repente 51.. Não, não foi de repente. Foram todos, um a um construídos com a determinação que quem sempre soube o que veio fazer nesse...